Terrier Escocês

0 Comments

O Terrier Escocês pertence ao grupo dos Terriers de pequeno porte.
É natural das Highlands, região norte da Escócia.
O nome de origem da raça é Scottish Terrier, mas também é conhecida como Scottie ou Aberdeen-Terrier.
A constituição ideal da raça é a do cão que pesa entre 8,5 a 10Kg e mede entre 25 a 28cm, na altura da cernelha.

O Terrier Escocês é um cão compacto, robusto, de dimensões apropriadas para se introduzir numa toca.
Os membros são curtos dando uma imagem de grande potência e agilidade num pequeno volume.


Aparentemente a cabeça é longa para um cão de pequena estatura, mas é bem proporcionada, os olhos são amendoados, penetrantes, inteligentes. A orelhas são eretas e pontudas, dando um aspecto ao animal de estar preparado para tudo que vier. O pescoço é forte, elegante e bem implantado entre os membros anteriores. O tórax é bastante musculoso. O dorso é curto, lombo profundo e musculoso unindo o tórax ao trem traseiro, que é excepcionalmente robusto para a estatura do cão.


O Terrier Escocês foi desenvolvido por criadores escoceses na cidade de Aberdeen, no início do séc. XIX, sendo muito habilidoso para a caça na toca. O primeiro clube foi fundado em 1882 e em 1889 foi publicado um padrão para a raça. Começou a ser apreciado na França em 1910 e continua a ser um dos Terriers mais conhecidos neste país.


Foi utilizado inicialmente como cão de caça do texugo e da raposa e depois transformou-se num cão de companhia. No entanto, ainda hoje este Terrier conserva aptidões especiais para a caça de animais nocivos. Sua potente musculatura traseira e a brevidade dos membros permitem-lhe uma notável rapidez nos caminhos subterrâneos.


Essa raça tem forte personalidade, é atrevido, fogoso, orgulhoso, obstinado e independente. Embora seja muito afeiçoado a seu dono não costuma demostrar.

O Terrier Escocês raramente ladra, é excelente guardião e ataca qualquer inimigo em potencial, pois é desconfiado e incorruptível. Aconselha-se uma boa educação pois caso contrário se torna um animal de difícil convivência. Vive bem em apartamentos mas necessita de passeios diários para extravasar sua energia.

 

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese