São mortos 750 a 1800 orangotangos por ano em Kalimantan

0 Comments

Os habitantes de Kalimantan, a parte Indonésia da ilha de Bornéu, mataram pelo menos 750 orangotangos em 2010 e estima-se que todos os anos matem entre 750 a 1800 animais desta espécie que se encontra, assim, com grandes dificuldades de sobrevivência.

orangotangos

As estimativas são o resultado de uma sondagem efetuada a quase sete mil habitantes, de 687 localidades, onde mais de metade dos homens admitiu ter morto pelo menos um animal desta espécie. A população tem morto estes animais para obtenção da sua carne e para evitar que estes estraguem as suas plantações.

Os cientistas estimam que se mais de 1% das fêmeas de orangotangos for morta num ano, a espécie caminha para a extinção. Ora, assumindo que os orangotangos machos e fêmeas são mortos em igual número, são mortos entre 0,9% e 3,6% de fêmeas a cada ano.

Como se não bastasse, estes orangotangos são igualmente vítimas da desflorestação massiva e consequente perda de habitat.

Atualmente, existem cerca de 45 mil orangotangos na ilha de Bornéu, tendo já diminuído em mais de 20 mil indivíduos.

Mais informação: National Geographic (em inglês)

Escrito por Carlos Gandra
Fonte: Mundo dos Animais

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese