São Bernardo

0 Comments

O São Bernardo é um cão Molosso, tipo montanhês.
O país de origem é a Suíça.


É também conhecido como Cão de São Bernardo, Bernhardiner e St. Bernardshunt.

É considerado o colosso da espécie canina, raça gigante cuja medida na cernelha varia de 70 a 90cm nos machos e nas fêmeas de 65 a 80cm, o peso varia de 55 a 100kg.


A história deste célebre cão está ligada a da Hospedaria de São Bernardo, fundada antes do ano 1000 por Bernardo de Mentón, com a finalidade de recolher os caminhantes que se perdiam ou ficavam sepultados na neve durante as tormentas. Depois da morte de Bernardo, várias gerações de monges, particularmente os monges de São Bernardo, a partir do século XVII, decidiram recorrer a cães capazes de enfrentar neves e perigos dos Alpes no salvamento de pessoas. Foi neste local que sua reputação de socorrista se forjou.

O mais célebre dos cães da raça São Bernardo que se tem notícia foi Barry, nascido por volta de 1800, o qual salvou 40 pessoas em 10 anos.


Em 1820 a raça estava ameaçada de extinção. Graças aos aficcionados conseguiu-se além da manutenção da raça também a melhora de seu o padrão.


Antes de 1830 só havia o São Bernardo de pelo curto, pois os animais que eram utilizados para salvamento, não podiam ter pelos longos porque a neve se acumulava dificultando o movimento do animal. Depois com o cruzamento com o cão Terra-Nova, apareceu a variedade de pelo longo, a qual atualmente é a mais difundida. O nome São Bernardo foi oficializado em 1880 e seu padrão estabelecido em Berna, em 1887.


O São Bernardo é um cão de grande estatura, robusto, vivaz, harmonioso e belo por sua simetria e coloração da pelagem branca, preta e vermelho ferrugem. Sua andadura é resistente, capaz de cobrir muito terreno; regular tanto a passo como a trote.


Esta raça desperta admiração incondicional no homem que aprecia suas extraordinárias qualidades estéticas, sua afetividade, fidelidade e inteligência. É sossegado, late pouco, desconfiado com estranhos e até pode ser agressivo se as circunstâncias exigirem. Pelo seu tamanho e força necessita de uma firme educação. Felizmente quase sempre o São Bernardo é calmo, manso, amável, sociável, de uma devoção sem limites aos donos, adorando as crianças. Necessita diariamente de escovação enérgica dos pelos. Suporta mal o calor.


É utilizado como companhia, guarda e apesar dos modernos meios de comunicação e do aumento do número de estradas, ainda pode ser usado como cão de salvamento.

 

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese