Primeiros socorros Cães e Gatos

0 Comments

1. Atropelamentos de cães e gatos

Seu gato ou cão pode escapar e ser atropelado perto de casa ou até mesmo se soltar de sua mão enquanto vocês estiverem passeando. Neste caso, primeiramente tenha calma e tome cuidado quando se aproximar do animal, pois animais com dor tendem a reagir de maneira agressiva.

Entre os cuidados na hora de socorrê-lo, a remoção é de suma importância, pois qualquer movimento errado pode piorar os ferimentos ainda mais. Por isso, evite mover muito o animal (se você conseguir impedir a passagem de carros na rua) e, chame um médico veterinário.

Para movê-lo, coloque papelão ou uma tábua e a utiliza como macae peça ajuda de alguém para poder imobilizá-lo e transportá-lo com segurança até o serviço veterinário.
Quando houver uma hemorragia que não cessa, pressione um pano sobre o local e pressione levemente a fim de estancar o sangue.

Lembre-se que antes de qualquer coisa, deve contatar um veterinário para que possa buscá-lo ou ao menos avisar que estará levando o animal.

2. Cortes e feridas em cães e gatos

Objetos de pontas cortantes ou até mesmo uma brincadeira diferente pode resultar em um corte ou ferida em seu cão ou gato.

Se a ferida for grande ou em local onde há muita vascularização como nas pernas, ligue rapidamente para um médico veterinário enquanto se transporta o animal até o atendimento específico.

No caso de cortes menores, pressione uma gaze ou pano limpo no ferimento durante uns 3 minutos, que é o tempo em que o sangue costuma estancar.

Para feridas superficiais, onde pode-se ver nitidamente que o corte não é profundo e não há nada de mais grave, você pode fazer o curativo em casa, limpando o local com água e sabonete, passar um anti séptico e colocar uma gaze depois.

Quando for um corte profundo, não tente limpar ou medicar o animal, pois o que seria um tratamento simples e rápido pode se tornar um problema. Em todos os casos, você deve levá-lo ao médico veterinário imediatamente.

3. Envenenamento

Se o gato ou cachorro acabar ingerindo algum produto tóxico como pesticidas, água sanitária ou produtos diversos, pode ser que você leve dias até se dar conta da gravidade do quadro, pois os sinais clínicos variam de acordo com cada indivíduo ou pela quantidade de veneno que foi ingerido e pelo tempo de exposição ao princípio tóxico.

O importante, como sempre, é estar atento ao comportamento do animal, e observar suas atitudes. Salivação excessiva, olhos lacrimejantes, vômito e diarreia podem ser sinais de envenenamento.

Ao notar estes sinais ou se certificar de que o animal ingeriu alguma substância tóxica, ligue imediatamente para o médico veterinário e leve o animal até ele o mais rápido possível
Nunca tente medicar seu animal, pois na tentativa de salvar seu amigo você pode estar piorando o estado clínico dele. Se possível, leve a embalagem do produto com você, pois isto pode facilitar, ajudando o médico veterinário, na hora de decidir qual a melhor conduta clínica a ser adotada, no caso.

4. Queimaduras

Caso o seu cão ou gato se queime em uma vasilha quente ou objeto, não cubra a ferida e não tente limpar a superfície, não coloque borra de café, pasta de dentes ou hidratantes pois todos estes elementos só contaminam a ferida e pioram a recuperação do animal.

Após o ocorrido, ligue para o médico veterinário e encaminhe o mais rápido possível o animal até ele. Não coloque pomadas ou tente remover a pele queimada sozinho, pois isto pode prejudicar o ferimento.

Existem diversas outras situações em que os cães e gatos podem se envolver em acidentes, mas estas são as principais e em demais casos, ligue sempre ao seu médico veterinário. Aproveite para saber também como socorrer seu pet quando está engasgado e fique preparado para socorrer seus animais em qualquer situação.

Deixe um Kit de Primeiros Socorros preparado em casa

Mesmo sabendo como agir imediatamente quando ocorrer algum acidente com seu cão ou gato, ter um kit de primeiros socorros por perto é o ideal para quem tem animais de estimação.

A presença do kit faz com que tudo que você precisa para os primeiros socorros esteja a sua mão em caso de uma emergência . São coisas simples que você pode ter em casa:

  • Número de telefone do seu veterinário (a primeira coisa que fará em casos de acidente é ligar para o profissional);
  • Carteirinha médica do animal;
  • Tesoura;
  • Pinça;
  • Luvas para se proteger dos ferimentos;
  • Gaze para fazer curativo;
  • Toalha limpa ou pequeno cobertor para imobilizar o animal;
  • Fita adesiva para colar as ataduras;
  • Termômetro para medir a temperatura;
  • Sabão e solução antissépticapara limpeza do ferimento;
  • Esparadrapo;
  • Papelão em caso de ser necessário imobilizações.

Vale lembrar que ao se deparar com qualquer acidente com o animal, o ideal é entrar em contato imediatamente com o médico veterinário para que ele possa dar as instruções por telefone e transporte-o depois.

Estas técnicas de primeiros socorros em cães e gatos são apenas para que preste a assistência imediata até que consiga falar com o profissional ou o animal receba os cuidados médicos.

Esteja ciente de que qualquer medicação errada pode prejudicar o seu animal de estimação e não tome nenhuma decisão sem orientação médica.

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese