Primeira viagem

0 Comments

Você vai viajar e nem pensa na possibilidade de deixar seu pet, mas sua cabeça está cheia de dúvidas. Onde ir? Onde se hospedar? Como evitar “surpresas” durante a viagem? Calma! Alguns cuidados e dicas a seguir podem ajudar.

O primeiro passo é verificar o estado de saúde do pet e colocar em ordem a carteira de vacinação dele. Se estiver tudo OK e, de preferência, com o aval do veterinário de sua confiança, siga para a escolha do destino.

Animais são oficialmente proibidos em quase todas as praias do litoral brasi- leiro, o que fará com que alguns frequen- tadores não os veja com bons olhos. Mas, se esta é a única opção, fique atento para que a presença de vocês não seja incoveniente e com os efeitos do sol sob o seu animal. Mas, se preferir o campo ou montanha, prepare-se para conviver intensamente com a natureza e saiba que os hotéis-fazenda são maioria entre as opções de hospedagem pet friendly. Bingo!

Seguinte: a reserva do hotel. Prefira aqueles que dispõem de área verde para que o bichinho possa esticar as patinhas e verifique se os quartos são grandes o suficiente para acomodá-lo. Confirme se o seu animal é bem-vindo e respeite as normas estabelecidas para a aceitação do pet. Mantenha a limpe- za dos locais e seja responsável. Não se esqueça da bagagem do pet com os pertences preferidos, como cama, comedouros e brinquedos. E, claro, a ração, em quantidade suficiente.

Se o trajeto for de carro atente às nor- mas de segurança para o transporte do animal. Caixas de transporte, grades ou cintos de segurança para pets devem ser adotados, pois, além do risco de acidentes, deixá-lo solto é conside- rado infração pelo Código de Trânsito Brasileiro. Programe paradas para que ele possa fazer as suas necessidades e mantenha-o sempre hidratado. Agora, se a viagem for de avião, verifique as normas e tarifas específicas da com- panhia aérea. Viagens internacionais exigem o Certificado Zoosanitário Internacional (CZI) e, em alguns casos, período de quarentena.

Chegando lá, mantenha a rotina de alimentação e necessidades do seu animal e siga as normas de boa convivência. Dessa forma, você e o seu pet serão sempre bem-vindos.

Pronto! Depois de seguir estas dicas e programar tudo direitinho, é só curtir a viagem ao lado do seu “companheirão”!!!

 

Fonte: UniversoPet

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese