Pintassilgo

0 Comments

O pintassilgo Carduelis magellanica, também conhecido como pintassilva, é uma ave passeriforme da família Fringillidae.

Mede ao redor de 11cm de comprimento. É um pássaro bastante conhecido porque é relativamente fácil de ser identificado. O macho apresenta a cabeça preta e manchas amarelas nas asas, fazendo do pintassilgo uma ave bastante colorida e com um padrão facilmente reconhecível, mesmo em voo.

As fêmeas têm a cabeça e lado inferior oliváceos. Durante a pimavera, pode ser observado cantando no alto de árvores, antenas, postes e telhados. No inverno agrega-se frequentemente em bandos de dimensões consideráveis, que podem juntar centenas de aves.

Em vida natural, onde há uma planta denominada de picão (Bidens pilosa) e assa-peixe (Vernonia sp), é comum se encontrar pintassilgos, pois eles apreciam muito as sementes dessas plantas.

Seu canto é caracterísco, um gorjear fino bastante variado, em andamento rapidíssimo; estrofes longas intercalando imitações de outras aves. Canta também em vôo. Alimenta-se de sementes e pequenos frutos secos, de revestimento duro.

A fêmea constrói o ninho em forma de pequena tigela, com raízes finas, forrado de penas e crinas, na forquilha de árvores ou de arbustos, a pouca altura do solo (3 a 4 m). Os ovos são brancos, com pouco azul-celeste, às vezes com algumas pintas pardas e medem cerca de 16 x 12 mm. A incubação também é tarefa da fêmea, podendo o macho alimentá-la durante este período. Cada ninhada geralmente tem entre 3 e 5 ovos, tendo de 2 a 4 ninhadas por temporada. Os filhotes nascem após 13 dias. Atinge a maturidade sexual aos 10 meses.

Vive em mata secundária aberta, árvores em plantações e quintais, pinhais, eucaliptos, cerrado. Essa ave canora está se tornando um pássaro raro, devido principalmente à intensa perseguição do comércio clandestino de aves. Pode ser observado esporadicamente no Parque do Ibirapuera e no campus da Universidade de São Paulo. Ocorre em praticamente em todo Brasil, com exceção da Região Amazônica e Nordeste.

Devido ao seu canto o pintassilgo é muito apreciado como passarinho de gaiola. O cruzamento do pintassilgo com a canária do reino, Serinus canaria domestica, dá um híbrido bastante apreciado pelos criadores e é denominado de pintagol.

Fontes: Dicionário dos Animais do Brasil – Rodolpho Von Ihering
               Guia de Campo Aves da Grande São Paulo – Pedro F. Develey e Edson Endrigo

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese