Mais que um amigo

0 Comments

O papel do cachorro na sociedade tem se modificado, e muito, com o passar dos anos. Ele não é mais visto apenas como um elemento de guarda ou proteção da casa, mas como um membro da família. Mas, será que humanizar a figura do pet é a melhor forma de ressaltar a sua importância? Uma pesquisa encomendada pela marca americana Milo’s Kitchen revelou dados surpreendentes. Você sabia que 77% dos americanos se referem ao cão como se ele fosse um membro “humano” da família? Veja outros resultados:

81% dos americanos consideram os cachorros membros da família

79% falam mais sobre o pet do que sobre política

72% dos donos aplicam com os cachorros a mesma educação e disciplina dos filhos

57% dos americanos passam mais tempo conversando sobre os pets do que sobre sexo

54% dos entrevistados se consideram pais e não donos de pet


Menos estresse, mais saúde

 

Quem possui um gato ou cão provavelmente vai concordar que os bichinhos contribuem para minimizar os efeitos do estresse diário. Um estudo realizado por psicólogos das universidades de Miami e St. Louis, nos Estados Unidos, conseguiu comprovar que, de fato, esse benefício é real. De acordo com os pesquisadores, os donos de pet tendem a ser menos sozinhos, ter maior autoestima, praticar mais exercícios, serem mais extrovertidos e possuírem menos medo de se aproximar de outras pessoas.

Fonte: UniversoPet

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese