Greyhound

0 Comments

O Greyhound pertence ao grupo dos lebréis de pelo curto.
O país de origem é a Grã-Bretanha.
É uma raça também conhecida com o nome de Galgo Inglês.
Apresenta uma estatura grande com peso ao redor de 30Kg. O tamanho dos machos, na altura da cernelha, varia entre 71 a 76cm e nas fêmeas de 68 a 71cm.

O Greyhound possui grande vigor e resistência. Suas largas passadas e movimento fluido permitem ao Greyhound cobrir grande terreno e adquirir alta velocidade. Apresenta constituição robusta, harmoniosa, musculatura potente permitindo-lhe um aspecto ágil com potência.

Sua cabeça é longa e moderadamente larga, com stop suave. O focinho é bem modelado. Maxilares poderosos com dentes fortes, a trufa é preta e pontiaguda. Os olhos são de cor escura, o olhar é vivaz e inteligente. As orelhas são pequenas e finas, em forma de rosa. O pescoço é longo e musculoso. O tronco é amplo e profundo, deixando amplo espaço para o coração. As costelas são longas e bem arqueadas. O dorso é bem longo e potente, a região lombar levemente arqueada. Os membros anteriores são musculosos, mas não carregados, os cotovelos livres, situados bem debaixo do ombro, para facilitar o movimento. As coxas e as pernas são largas e musculosas dando a impressão de grande poder de propulsão. Os dedos são apertados e falanges fortes.

O Greyhound, assim como o Sloughi e o Saluki, provavelmente derive dos descendentes do Tesem, antigo galgo egípcio representado nas tumbas dos faraós. Vindo do Oriente, ele poderia ter chegado à Europa através da Grécia pelos fenícios ou celtas. Talvez daí a origem do seu nome greek-hound (sabujo helênico) cão este difundido na Grécia em tempos remotos, que apresentava linhas e aspecto geral parecido, embora de forma tosca, quando comparado com o lebrel moderno.

O Galgo Espanhol, importado na Inglaterra, teria contribuído para a formação desta raça. Ainda, na época de Henrique VIII, esta raça também foi aperfeiçoada para a caça à lebre. O Duque de Norfolk, sob pedido de Elizabeth I, estabeleceu um código para os Galgos na perseguição da lebre no ar livre.

Pode-se dizer que o Greyhound é uma verdadeira obra-prima obtida pela perseverante capacidade dos criadores ingleses na busca de um cão belo, valente e veloz. É uma magnífica máquina de correr: o que o puro sangue é para o cavalo, o Greyhound é para o Galgo.

Nos Estados Unidos e principalmente na Inglaterra, desde 1927 esta raça é utilizada em cinódromos, pistas de corrida de grande velocidade, atrás das lebres artificiais mecânicas, convocando multidões de espectadores e apostadores, quer pelo entusiasmo, quer pela paixão pelos competidores mais velozes.

Realmente a velocidade e a caça é a vocação deste Galgo, pois o Greyhound é considerado o cão mais rápido do mundo, chegando a velocidades de até 70 Km/hora.

É vivo, dotado de uma excelente visão, paciente, afetuoso, meigo, calmo, sensível e de ótimo caráter, que por estes traços é considerado um bom cão de companhia. Precisa de espaço e deve absolutamente correr todos os dias. Não é bom guarda, pois costuma ser indiferente com relação a estranhos.

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese