Gato ciumento

0 Comments

Que os gatos são animais carinhosos e possessivos todos sabem, e que, diferentemente dos cães, os bichanos não se contentam com uma casinha de madeira disposta na parte externa da residência quando podem dormir no sofá ou na cama de seus donos. Até aí nenhuma novidade, porém, as regalias que os gatinhos costumam ter acabam os deixando mau-acostumados e com isso os problemas de comportamento dos felinos aparecem inevitavelmente. Além disso, os gatos são animais que demonstram ciúmes excessivo da casa onde vivem e de seus donos e isso merece atenção especial antes que este sentimento se transforme em agressividade, rebeldia e desobediência. Vejamos agora algumas dicas sobre como deve ser a convivência com gatos ciumentos e arredios, para que os donos não sejam controlados pelos animais e não sofram as consequências vindas de um bichinho de estimação sem limites.

Dicas:

1. Imponha limites ao animal. Se você tem gatos em sua casa certamente deve deixá-los transitar livremente pelos cômodos da residência, no momento e frequência que eles quiserem. Um animal ciumento também é exigente e irredutível em suas vontades e quando não recebe o que quer logo começa a fazer suas artes, arranhando o sofá ou os móveis sem controle. Para que isso não ocorra, a dica é que você comece a limitar os locais onde o gato pode e não pode acessar para que ele passe a entender o significado da obediência. Sempre que ele entrar em um cômodo “proibido”, bata palmas na direção do animal até que saia do local ou então retire-o de lá manualmente.

2. Produza um chocalho disciplinar. Pegue uma lata de alumínio vazia de achocolatado em pó e coloque dentro algumas pedrinhas. Sempre que o gato demonstrar ciúmes utilize este chocalho até que ele mude suas atitudes. O barulho é excelente para repreender e educar animais de estimação, especialmente quando eles não obedecem ordens naturalmente.

3. Compre novos brinquedos para seu pet. Se o gatinho tem ciúmes é porque está se sentindo sozinho ou abandonado por seus donos, provavelmente entediado com as poucas opções que possui para se divertir durante o dia. Contra esta situação, providencie bonecos emborrachados e bolinhas de tecido que vão deixar o animal mais tranquilo e entretido ao longo do dia. Troque os brinquedos periodicamente.

4. Dê um pouco mais de atenção ao gato. Se ele está ciumento é porque sente falta do contato com seus donos, que podem estar super ocupados com o trabalho e os afazeres domésticos. Quando o gatinho arranha a porta, entra na frente da TV ou fica ronronando insistentemente não é atoa. Ele quer atenção, carinho e alguns minutos de afago, pois esta é sua naturalidade. Os gatos são animais de aproximação e quanto mais distantes estiverem de seus donos, maiores serão seus problemas de comportamento e interação.

5. Não arrume outro animal de estimação. Muitos acreditam que uma companhia animal fará bem ao gatinho ciumento e isso não é verdade. Não são todos os gatos, mas a grande maioria deles detesta dividir seu espaço com outros animais principalmente se forem da mesma espécie. Tenha consciência disso e não arranje outro bichinho de estimação até que pelo menos a fase ciumenta de seu gatinho passe.

Atenção: Jamais agrida seu animal de estimação. Bater é um incentivo à violência e até mesmo os animais gostam de ser tratados com respeito. Respeite a vida e preserve-a sob todas as suas formas.

Tenha só um pouquinho de disciplina e paciência e logo logo o ciúmes do seu gato vai ser controlado, mesmo que ele seja teimoso e duro na queda. Imponha-lhe limites e nunca deixe subentendido quem manda em sua casa.

 

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese