Dicas para cuidar de seu Hamster

0 Comments

Antes de iniciar sua criação de hamsters deve ser levado em consideração o que será feito com as crias. Embora o tamanho médio de uma ninhada de um Hamster Sírio é de 8 crias eles podem ter até 18 crias e Hamsters Anão tem uma ninhada média de 4 crias mas pode ter até 14 crias. Então é vital que isto seja considerado antes de criar hamsters.

Lojas de animais de estimação podem estar dispostas a receber o excesso mas é melhor perguntar antes de tomar a decisão de criar seus hamsters.

PREPARAÇÃO E LIMPEZA DA GAIOLA

A gaiola do hamster deve ser preparada cobrindo o chão com lascas de madeira e com material conveniente para que o hamster possa fazer um ninho.

A gaiola deve ser colocada longe da luz solar direta e fora de correntes de ar.

A gaiola deve ser limpa semanalmente e os hamster apreciarão se algum material do ninho velho for colocado na gaiola limpa junto com algum material fresco para ele fazer o ninho.

ALOJAMENTO

Os Hamsters Sírios normalmente não toleram a companhia de outros hamsters quando chegam a 8-10 semanas de idade e por isso eles devem ser alojados separadamente.Um hamster, uma gaiola.

Hamsters Anões vivem em pares ou agrupados com sexos misturados ou únicos.

ESCOVAMENTO

Hamsters não precisam de escovamento, com exceção de machos de pelos longos que podem precisar da escova ocasional para remover lascas da pelagem. Para isso é melhor usar uma escova de dentes macia.

COMIDA E ÁGUA

Água fresca sempre deve estar disponível, fornecida por uma garrafa de água fixada ao lado da gaiola.

Os hamsters devem ser alimentados com uma ração básica cada noite e também pode ser fornecidos suplementos alimentares. Adiantando o tempo de alimentação um pouco cada dia é possível encorajar o hamster para acordar mais cedo.

DENTES

Os dentes de um hamster crescem continuamente e para manter os dentes no comprimento correto o hamster roe. Lojas de animais de estimação, Pet Shop vendem uma variedade de produtos especificos para os hamsters roer. Também madeira de árvores frutíferas fornecerão algo para o hamster roer.. Biscoitos de cachorro duros também ajudarão a manter os dentes de um hamster no comprimento correto.

DOMANDO, ADESTRAMDO E TRUQUES

Os Hamsters são mansos, de boa índole, curiosos e brincalhões. Embora um tanto ariscos no início, podem ser amansados e se acostumam facilmente à presença do dono. Com o tempo e algum adestramento, eles até aprendem truques que divertem as pessoas, como, pôr exemplo, dançar sobre duas patas.

Comece pôr acostumá-los à sua presença. Aproxime-se calmamente, com movimentos lentos e voz suave. Coloque a sua mão dentro da gaiola, e conserve-a imóvel. Pela sua curiosidade de natural o Hamster chegará mais perto. Vai cheirar e se afastar, mas sem medo. Repetindo a operação algumas vezes, o bichinho, aos poucos, vai deixar que você o segure na mão. Numa segunda etapa, coloque alguma guloseima na mão. Nas primeiras vezes o Hamster vai abocanhar o petisco (um biscoito, pôr exemplo) e comê-lo em algum canto da gaiola. Mas logo vai se acostumar e comer na própria mão do dono sem nenhuma cerimônia. Depois, mesmo sem biscoitinhos, ele vai andar e subir muito à vontade pelo braço do criador. Quando o dono é atencioso e amoroso, o hamster se sentirá seguro, o que facilitará o treinamento. Se você quer que ele aprenda a atender pelo nome, a cada vez que você chegar com algum biscoito, chame-o suavemente como forma de atrair a atenção. A tendência é que, a partir da associação do som de seu nome ao biscoito ele passe a atender sempre que você chamá-lo.

Com esta técnica conhecida como reflexo condicionado pode-se ensinar várias coisas. Para ensinar um Hamster a dançar, toque na vitrola determinada música. É importante que seja sempre a mesma, de modo que o animal associe aquela música com os exercícios que deverá fazer para receber a recompensa. os exercícios são: pegue a guloseima e eleve-a um pouco do solo da gaiola, a uma altura que o bichinho tenha que ficar de pé para conseguir apanhar. Com ele de pé, movimente o biscoito de um lado a outro, no ritmo, e ele seguirá sua mão. Tempos depois o biscoito na mão será dispensável, ele dançará seguindo simplesmente os seus movimentos. Mas sempre recompense-o, após cada exercício. Conta-se que, se bem adestrado, é só ouvir a música e ele começará a dançar.

Procure fazer os exercícios de treinamento, pelo menos, uma vez por dia. Lembre-se sempre, porém, de que um animal adestrado nunca perde os seus instintos, apenas controla-os um pouco. Portanto, se você achar que pode deixar o Hamster solto pela casa só porque ele é ensinado vai acabar aprendendo uma lição da natureza: como roedor, ele certamente vai arranhar alguns móveis, forros de cadeira, etc. Querer mudar isso é adulterar seu companheiro. Você pode passear com ele no ombro, no bolso, torná-lo. um grande amigo, mas nunca contrarie os seus instintos naturais.

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese