Collie

0 Comments

Estes animais pertencem ao grupo dos Lupóides.

País de origem: Grã-Bretanha.

O peso nos machos varia de 20 a 30 Kg e nas fêmeas de 15 a 25 Kg.

Existem duas variedades o Rough Collie, de pêlo longo e uma menos conhecida o Smooth Collie, de pêlo curto.

Os Collie ou Pastor da Escócia, como também é conhecido, possui cabeça alongada, em forma de cone, fina, e proporcional ao corpo. Observa-se um certo paralelismo entre o crânio e o focinho. Apresenta o focinho pouco profundo e arredondado. As orelhas são consideradas de tamanho médio, com inserção alta, larga e moderadamente separadas.Seus olhos lembram o formato de uma amêndoa, sendo sua coloração marrom escuro, exceto nos azuis merle, cujos olhos são freqüentemente azuis ou particoloridos. Apresenta corpo em forma de retângulo, sendo o comprimento superior à altura; com tórax profundo e posterior pouco flexionado. Observam-se membros com musculatura e ossatura moderadamente desenvolvidas, com formato das patas oval. A cauda é longa, geralmente portada baixa, alcançando o jarrete.

Estes animais apresentam pêlos duplo, bastante denso e duro, sendo o subpêlo macio e denso. São reconhecidos três tipos de cores: Zibelina: apresentando cores que variam de dourado claro a acaju intenso; Tricolor: preto com manchas marrom em membros e na cabeça; Azul Merle: azul prateado, sendo observado um padrão com característica de mármore.

A origem de seu nome é muito controversa, pensa-se que seu nome tenha se originado da palavra “Colley”, o qual é uma variedade de ovelhas escocesas de máscara e cauda pretas que o pastor escocês guardava antigamente. Numerosas hipóteses foram formuladas sobre a ascendência do Collie de pêlo longo. Há aqueles que descobrem entre seus antepassados o Terranova ou o Gordon Setter, enquanto outros o vinculam com o Deerhound e o Terrier Escocês. Entretanto, sabemos hoje que o Collie moderno representa o resultado de longos e cuidadosos processos de seleção, sendo que foi por volta de 1880 que se obteve a fixação definitiva de caracteres importantes. Desde então criadores se limitaram a conservar e a refinar suas características, tornando o soberbo animal de ar aristocrata que conhecemos .

O Collie de pêlo curto é parente próximo do Collie de pêlo longo. Depois de anos de esquecimento relativo, atualmente tem mais popularidade, sobretudo na Inglaterra. Foi obtido pelo cruzamento entre o Collie de pêlo longo com o Greyhound. Como passar do tempo atenuaram-se as características do lebrel, permanecendo as qualidades físicas e psíquicas do excelente pastor.

O Collie tem fama devido a sua beleza e seus excepcionais dotes psicofísicos, permitindo-o desenvolver não só tarefas que lhe são próprias, isto é a de cão pastor, mas também pode ser adestrado como policial, cão guardião, de companhia, de caça e até de espetáculo.

Há quem diga que o Collie é “um cão com a inteligência do homem e o fascínio da mulher”. O êxito da célebre Lassie nos programas televisivos muito contribuiu para popularizar a raça no mundo todo.

Estes cães são considerados ativos, equilibrados, suaves e sensíveis, devendo-se evitar os indivíduos ansiosos e tímidos. Desconfiados com estranhos, mas não agressivos. Adapta-se facilmente à vida urbana, porém é desejável a presença de jardim para que possa brincar e se exercitar.

Deixe uma resposta

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese