Assine nossa Newsletter


Ambiente dog-friendy em companhias da ‘Praia do Silício’ traz vantagens para empregados e patrões.

Muitas empresas de tecnologia da Califórnia estão encorajando seus empregados a levarem seus cachorros para o escritório, afirmando que a presença deles pode aumentar a produtividade, aliviar o estresse e melhorar o ambiente de trabalho.

Na região litorânea de Los Angeles, uma região que engloba partes de Santa Monica e Venice Beach é a chamada “Praia do Silício”. Lá, a maioria das empresas é “dog-friendly”.

Na Gumgum, uma empresa de Santa Monica especializada em inteligência artificial, por exemplo, cachorros são bem vindo por causa do “efeito calmante” que têm nos empregados, diz o executivo-chefe, Ophir Tanz. Indy, o cão de Tanz, geralmente vai receber os empregados quando eles chegam no serviço. “Este podia ser um lugar de muito estresse”, diz Tanz. “Ele dá um alívio.”

A GumGum é aberta para cachorros, mas pode ser aberta para gatos e outros animais no futuro, diz Tanz. Ele afirma que a política “dog-friendly” pode dar trabalho. Por exemplo, ela precisa ser negociada com o proprietário do imóvel onde fica a firma. Mas ele acha que essa prática vai se tornar cada vez mais popular.

Na Tradesy, uma espécie de brechó online, os cachorros também são queridos. Cães de várias raças participam das reuniões, sentam nos sofás, brincam sob as cadeiras, sentam nas mesas e ganham cafuné. Alguns donos trabalham com seus cachorros no colo.

Tracy DiNunzio, executiva-chefe, diz que a integração dos cachorros é boa para empregadores e empregados. “Nossos empregados gostam de poder trazer seus cachorros para o trabalho, e isso beneficia nosso negócio”, diz. “Nossos empregados trabalham mais horas porque têm seus amigos peludos por perto.”

Fonte: G1

Deixe uma resposta