Assine nossa Newsletter


A luz do sol, o calor e a presença de roedores são apenas alguns fatores que podem estragar a comida.

Seja por falta de espaço em casa ou porque o tutor não sabe a maneira certa de fazê-lo, a longo prazo a ração de cachorro perde a qualidade, ao ser armazenada de forma errada. Muitos fatores podem prejudicar a comida do pet e o modo como é guardada é um deles. O cão pode até entrar em contato com determinadas doenças se a ração ficar exposta em lugares indevidos e atrair microrganismos.

A marca da ração de cachorro também influencia na qualidade de vida do animal, mas mais do que isso, ela deve ser mantida em boas condições – até porque esse tipo de alimento é caro. Para não estragar ou fazer mal ao pet, é importante saber em que local, por exemplo, deve ser colocada.

A alimentação pode até perder suas propriedades nutricionais e estar exposta a agentes infecciosos. Fatores externos também podem prejudicar a comida, como umidade, excesso de sol e luminosidade e chuva, além de insetos que tendem a se aproximar. A má conservação pode levar a sintomas como: vômito, diarreia, apatia, principalmente por causa da intoxicação alimentar.

Para evitar esse tipo de problema, algumas dicas vão auxiliar o tutor que não sabe o que fazer com relação à ração. Aprenda a armazenar corretamente a ração de cachorro

Logo quando o tutor chega com o pacote de comida em casa, muitas vezes não sabe se divide em recipientes ou mantém na própria embalagem. A primeira dica é: se quiser manter a ração aonde ela veio é necessário manter o pacote sempre fechado. Inclusive, jogar o saco fora pode não ser muito indicado, porque nele há informações importantes, como data de validade e valores nutricionais.

Fonte: Canal do Pet

Deixe uma resposta