Assine nossa Newsletter


Você já se perguntou por que seu cão faz aquele sons estranhos na mesa de jantar? Ou por que ele abaixa as orelhas para trás quando confrontado com um estranho? Os cães falam conosco, mas em uma linguagem diferente.

Infelizmente, não há um DVD sobre a Pedra de Roseta para nos ajudar a aprender a “fala do cão”. Por isso, precisamos analizar sozinhos, mantendo em um contexto, evitando afirmar nossas próprias interpretações e lembrando que os cães já foram animais selvagens. Dizem também que os cães fazem mais de 100 expressões faciais diferentes. Não é à toa que dizem: “meu cachorro só falta falar!”

A melhor maneira de começar é olhando para o ancestral do cão: o lobo. Lobos vivem em bando e cães fazem o mesmo com outros animais da casa e com humanos. Deve haver um líder do bando e esse líder deve ser você. E para ser um líder canino eficiente, você precisa saber o que seu cão está tentando dizer a você.

Cães se comunicam de muitas formas entre eles, usando pistas verbais, linguagem corporal e expressões faciais. Eles também tentam se comunicar com humanos usando esses métodos. Humanos, é claro, se comunicam com os cães usando comandos e frases. Cães podem aprender centenas de sons humanos, mas não conseguem combiná-los. Por isso, a necessidade de comandos curtos como “Senta!” e “Vem!” Muitas das nossas ferramentas de comunicação se perdem com os cães, como o sarcasmo (para indicar frustração) ou linguagem corporal sutil (para indicar que está desconfortável) ou uma expressão de surpresa. Assim, para aumentar nossa comunicação com nossos cães, precisamos aprender a voltar ao básico e falar “canino”.

Linguagem Corporal Canina / “Expressões” Faciais

Confiante e Relaxado
• Postura – ereta
• Rabo – abanando lentamente
• Orelhas – atentas, mas com aparência relaxada
• Olhos – pupilas pequenas
• Boca – fechada ou lábios ligeiramente separados

Assustado ou Ansioso
• Postura – abaixado
• Rabo – encolhido
• Orelhas – para baixo
• Olhos – olhar arregalado com partes brancas a mostra
• Boca – ofegante

Agressivo
• Postura – rígida
• Rabo – para cima ou para trás, muito rígido
• Orelhas – atentas
• Olhos – intensos, focados
• Boca – lábios puxados para trás e alguns dentes a mostra
• Arrepios – há uma linha de pêlos que começa na base do pescoço e vai até os ombros. Ela aumenta se o cão estiver agressivo e diminui se ele está relaxado.

Medo-Agressivo
• Postura – o cão fica recolhido para si mesmo
• Rabo – completamente encolhido
• Orelhas – para baixo
• Olhos – olhos arregalados e com perda de foco
• Boca – lábios ligeiramente para trás ou bem ofegante

Relaxado
• Postura – deitado ou de pé sem nenhuma vigilância
• Rabo – para cima abanando ou solto naturalmente
• Orelhas – em seu estado normal, dependendo da raça (as orelhas de um Terrier estariam para cima, mas relaxadas, as de Hound estariam para baixo)
• Olhos – dilatação normal da pupila, focada, mas não olhando fixamente
• Boca – aberta e levemente ofegante

Fonte: Tudo sobre Cachorros

Deixe uma resposta